Siga-nos

  • Facebook ícone social
i006572.png

BENEFÍCIOS

Os seguros ajudam as pessoas e as empresas a avaliar, a gerir e a reduzir os seus riscos. Os tomadores dos seguros são beneficiados ao ser-lhes dado um meio de transformar despesas relevantes e inesperadas em pagamentos menores e exequíveis. Sem seguros, as pessoas teriam mais dificuldade em participar em algumas actividades por causa dos potenciais custos financeiros a que estariam expostos.

Sem um sector segurador concorrencial e inovador muitos aspectos da nossa sociedade e economia modernas deixariam de existir, ou funcionariam de modo menos eficaz.

Os seguros proporcionam, a indivíduos e empresas, confiança para a sua vida quotidiana e para transaccionarem com outros, sabendo que a empresa com quem estão a negociar continuará a operar e cumprirá as suas obrigações. Por exemplo, um turista sente mais confiança e segurança quando faz a reserva num hotel que possui um seguro que lhe devolve o depósito no caso de ocorrer um evento importante, como um incêndio, que encerre o hotel.

A sociedade de forma geral benefícia de um mercado de seguros concorrencial que pode utilizar mecanismos sofisticados de fixação de preços baseado no risco para encorajar melhores práticas de gestão de risco.

A perspectiva de prémios mais baixos pode mudar comportamentos, encorajando pessoas e empresas a reduzir os seus riscos onde for possível, ao alterar o seu comportamento ou a adoptar medidas preventivas. Exemplo disto são os indivíduos que deixam de fumar para reduzir os seguro de vida. Outro exemplo comum é a promoção da condução segura através de descontos nos prémios de seguro automóvel, atribuídos por ausência de acidentes.

As seguradores investem os prémios que recebem, o que as coloca entre os maiores investidores institucionais no mercado. Para companhias de seguros de vida em particular, os produtos são por natureza concebidos para períodos alargados e, portanto, os correspondentes investimentos são de longo prazo. Este fluxo constante de capital, disponibilizado pelo sector dos seguros junto dos mercados financeiros, é fundamental para o sistema financeiro global, contribuindo para a estabilidade e funcionamento do mercado.